A explosão de uma garrafa de gás, seguida de incêndio, num café da Lixa, Felgueiras, provocou hoje ferimentos na proprietária do estabelecimento, disse à Lusa fonte dos bombeiros.

Segundo José Campos, comandante da corporação da Lixa, as queimaduras ocorreram porque a vítima, de 32 anos, tentou apagar as chamas.

A mulher foi assistida e transportada para o Hospital de Amarante, apresentando queimaduras de primeiro grau na face, acrescentou o comandante.

A explosão ocorreu cerca das 15:30, num café situado nas proximidades do cemitério da cidade.

No combate ao fogo e socorro à vítima estiveram nove bombeiros, apoiados por duas viaturas.

Os danos materiais são «avultados», de acordo com José Campos.