A Polícia Judiciária (PJ) deteve, esta terça-feira, vários suspeitos na sequência de uma operação contra o comércio ilegal de ouro, que envolveu dezenas de buscas em todo o país, disse à agência Lusa fonte ligada ao processo.

A mesma fonte indicou que a investigação, dirigida pelo Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP), já levou à detenção de várias pessoas por suspeita de fraude fiscal e contrabando de ouro.

As buscas da PJ já levaram à apreensão de uma quantidade ainda não determinada deste metal precioso, estando ainda a operação a decorrer.