O museu do brinquedo, em Sintra, vai encerrar a 31 de agosto com a fundação Arbués Moreira, responsável pelo museu, a alegar que a casa não é sustentável.

Um antigo quartel de bombeiros foi cedido pela Câmara Municipal de Sintra, em 1997, para expor os cerca de 600 mil exemplares de diferentes brinquedos colecionados ao longo de 40 anos, mas a falta de apoios da Câmara e a diminuição do número de visitantes obrigou a fundação a fechar as portas do museu.

O espaço esteve aberto 17 anos e recebeu cerca de 900 mil visitantes.