Um militar da GNR de Bragança ficou ferido à dentada quando uma patrulha foi chamada para socorrer um indivíduo que acabou por ser detido.

A patrulha da GNR deslocou-se à vila de Izeda (Bragança), na terça-feira, alertada pelos bombeiros que suspeitaram que um indivíduo se teria envenenado, segundo as Relações Públicas do Comando Distrital de Bragança.

Chegados ao local, os militares não só verificaram que o homem, de 29 anos, «não aparentava qualquer sinal de envenenamento como começou a insultar e a agredir a patrulha, acabando por morder um dos guardas debaixo de um braço», de acordo com fonte à Lusa.

O guarda teve de receber tratamento hospitalar, mas não ficou impedido de continuar ao serviço.

De acordo com o relato da GNR, o homem «encontrava-se bastante exaltado» alegadamente por ter tido conhecimento de uma decisão judicial que o condenou a pagar uma multa de sete mil euros.

O suspeito foi detido por injúrias, ameaça e coação sobre funcionário e vai ser presente no Tribunal de Bragança para primeiro interrogatório e aplicação de medidas de coação.