A estátua de César Augusto, colocada em maio numa das praças de Braga, foi retirada do pedestal onde estava por estar em ”risco de cair”, depois de “ter aparecido vergada”.

Fonte da Câmara Municipal de Braga disse à agência Lusa que a imagem do imperador foi retirada do Largo Paulo Orósio pela Polícia Municipal depois de ao início da tarde de quarta-feira ter sido dado o alerta de que a imagem do fundador de Bracara Augusta  “estava a cair”.

A mesma fonte explicou que “não se sabe como a estátua ficou assim mas não está posta de parte a hipótese de vandalismo”, bem como a degradação devido ao mau tempo dos últimos dias.

A primeira ação de salvaguarda do monumento foi levada a cabo pelos Bombeiros Voluntários de Braga, cujo quartel se situa na mesma praça onde foi erguida a estátua ao imperador romano.

Estávamos aqui no quartel e vieram-nos avisar que a estátua estava a cair. Fomos ver e vimos que a estátua estava a partir pelos calcanhares. Colocamos a escada, não fosse a estátua cair em cima de alguém”, disse.

Os operacionais colocaram duas escadas a suster a imagem do homem que fundou a cidade de Bracara Augusta, no séc. 16 a.C., até que fosse retirada pela Polícia Municipal