Os incêndios que esta manhã consumiam mato nos concelhos de Mirandela, Mondim de Basto e Sabugal foram dominados, mantendo-se por controlar fogos na Guarda e em Seia, segundo dados da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) disponíveis às 12:30.

Os dois fogos que se mantinham em curso ocorrem no distrito da Guarda, nos concelhos da Guarda e em Seia, envolvendo um total de 223 bombeiros e dois meios aéreos.

No concelho da Guarda, as chamas lavram na localidade de Aldeia Viçosa, num local de difícil acesso aos meios de combate terrestre. No sítio estão 189 bombeiros, apoiados por 51 veículos.

No Parque Natural da Serra da Estrela, em Loriga, desde as 00:39 que as chamas tomam conta de uma zona de mato, estando no local 34 operacionais apoiados por dois helicópteros e 10 veículos.

Entretanto, os incêndios que esta manhã lavravam nos concelhos de Mirandela (distrito de Bragança), Mondim de Basto (distrito de Vila Real) e Sabugal (distrito da Guarda) foram dados como dominados antes das 12:00.

As chamas foram dadas como dominadas às 11:26 em Lamas de Orelhão, concelho de Mirandela, às 09:19 no Parque Natural de Alvão, no concelho de Mondim de Basto, e às 09:35 em Santo Amaro/Casteleiro, no concelho do Sabugal.

Entre as 00:00 e as 12:00 de hoje ocorreram 64 incêndios, sendo que às 12:00 estavam quatro ativos.

A ANPC só destaca os fogos mais significativos, ou seja, com mais de duas horas ou mais de veículos operacionais ou com três ou mais meios aéreos pesados.