Um incêndio que deflagrou na madrugada desta quinta-feira num quarto de uma moradia em Oliveira do Douro, Vila Nova de Gaia, provocou queimaduras de 2.º grau no residente na habitação, disse à Lusa fonte dos Bombeiros Sapadores.

De acordo com a fonte, a vítima foi transportada para a unidade de queimados do Hospital de S. João, Porto.

O homem, de 56 anos, era o único residente na moradia e, segundo os bombeiros de Gaia, não soube explicar o que terá provocado o incêndio.

O quarto ficou totalmente destruído, mas os bombeiros conseguiram impedir que o fogo alastrasse ao resto da casa que, contudo, acabou por ficar danificada devido à água e ao fumo.

No combate às chamas estiveram os Sapadores de Gaia com três viaturas e 11 homens, e os Voluntários de Avintes, com duas viaturas e sete homens.

O fogo, que deflagrou cerca da 01:15, foi dado como extinto cerca das 02:00.