Os bombeiros "resgataram com sucesso" hoje de madrugada, na zona do Salto do Cavalo, em São Miguel, Açores, uma praticante de parapente que caiu numa zona de mata e ficou presa ao equipamento numa árvore, disse fonte da corporação.

O comandante dos Bombeiros Voluntários da Ribeira Grande, José Nuno, adiantou à agência Lusa que "o alerta foi dado pelas 18:00 locais (mais uma hora em Lisboa) de quinta-feira, mas a operação de resgate da mulher, de nacionalidade argentina, só ficou concluída pelas 06:00 locais de hoje", por se tratar de "uma zona de muito difícil acesso" e que obrigou à "utilização de equipamento específico".

Segundo o comandante, a mulher, que estava a fazer parapente no âmbito de um festival que decorre na maior ilha açoriana, terá perdido o controlo do equipamento e “caiu numa zona de mata entre o Salto do Cavalo e a freguesia das Furnas".

Ficou presa ao equipamento numa árvore e o seu resgate só ficou concluído esta madrugada com a intervenção de 14 elementos da equipa de grande ângulo dois Bombeiros Voluntários da Ribeira Grande, com o apoio de seis elementos de uma equipa de busca e salvamento da corporação da Povoação", explicou ainda, adiantando que no local estiveram elementos da PSP.

O comandante referiu que a mulher “não apresentava ferimentos e sentia-se bem”, pelo que "não pretendeu ser transportada para o Hospital".