Uma explosão ocorrida, nesta quarta-feira, numa fábrica de "caixas frigoríficas", em Albergaria-a-Velha, provocou um morto e um ferido grave, disse à Lusa fonte do Centro Distrital de Operações de Socorro de Aveiro.

Segundo a fonte, a explosão ocorreu cerca das 10:40, desconhecendo-se as causas da mesma.

O segundo comandante dos Bombeiros de Albergaria-a-Velha, Albano Ferreira, precisou que a explosão "ocorreu no interior de uma cisterna de transporte de combustíveis que estava a ser reparada" no perímetro fabril.

Segundo a mesma fonte, a vítima mortal é um operário que se encontrava a trabalhar no interior da cisterna.

Albano Ferreira referiu ainda que o operário que se encontrava no exterior sofreu "queimaduras de primeiro grau na face e membros superiores" e foi transportado de helicóptero para o Hospital da Prelada, no Porto.

Para o local foram mobilizados os Bombeiros de Albergaria-a-Velha com oito homens, auxiliados por três viaturas.

No local, estiveram ainda a Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) de Aveiro e a ambulância de Suporte Imediato de Vida (SIV) de Águeda, além da GNR e da Autoridade para as Condições de Trabalho que vai investigar as circunstâncias em que ocorreu o acidente.