A GNR arquivou a multa passada ontem aos bombeiros de Óbidos na A8 depois de «ter verificado não existir infracção». O esclarecimento enviado para a rádio TSF pela Guarda Nacional Republicana indica que a opção pelo arquivamento foi tomada «ao analisar toda a informação disponível sobre o caso».
 
Os bombeiros de Óbidos tiveram de parar a marcha para dar assistência a uma doente. A mulher acabou por falecer no local e os bombeiros optaram por chamar a GNR. O condutor da ambulância foi multado por estar parado na berma da autoestrada.
 
A GNR esclarece agora que a multa será arquivada. No texto lê-se que «sobre os factos ocorridos no dia 23 de dezembro, na autoestrada n.º 8, que envolveram uma patrulha de trânsito da gnr e uma ambulância, depois de terem sido realizadas averiguações internas e ponderada toda a informação disponível sobre as circunstâncias que levaram ao levantamento de um auto de contraordenação, a guarda nacional republicana informa que o expediente em apreço vai ser arquivado, por se ter verificado não existir infração».
 
O condutor da ambulância pagou no local os 120 euros da multa. Os bombeiros querem que esse valor seja devolvido.