As temperaturas máximas vão descer três a quatro graus Celsius em Portugal continental até à próxima segunda-feira, disse à agência Lusa o meteorologista Ricardo Tavares, do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Em declarações à Lusa, Ricardo Tavares explicou que a tendência a partir desta quarta-feiras e até segunda-feira é para uma descida das temperaturas máximas.

«A tendência será para baixar três a quatro graus, mas está prevista uma oscilação das temperaturas até à próxima semana. Para amanhã [quinta-feira] está prevista uma pequena descida da máxima, depois, na sexta-feira, sobe e volta a descer no sábado. Vai havendo alguma variação com subidas e descidas ao longo dos próximos dias», salientou.

Quanto ao estado do tempo para hoje e para quinta-feira, Ricardo Tavares adiantou que o IPMA prevê céu pouco nublado ou limpo, apresentando-se em geral muito nublado nas regiões do litoral oeste até final da manhã.

Está também previsto, segundo o IPMA, vento fraco, neblina ou nevoeiro matinal, em especial no litoral das regiões do norte e centro e acentuado arrefecimento noturno, com possibilidade de formação de geada em alguns locais do interior.

«Para quinta-feira, estamos a prever nas regiões do norte e centro céu pouco nublado ou limpo, períodos de chuva fraca no Minho e Douro litoral a partir do final da tarde, vento fraco a moderado, neblina ou nevoeiro matinal e pequena descida da temperatura máxima», referiu.

No sul, indicou o meteorologista, está previsto céu pouco nublado, apresentando-se em geral muito nublado nas regiões do litoral oeste até final da manhã, vento em geral fraco, neblina ou nevoeiro matinal, pequena descida da temperatura máxima e acentuado arrefecimento noturno.

Quanto às temperaturas, em Lisboa vão variar esta quarta-feira entre os 8 de mínima e os 21 graus de máxima, no Porto entre 6 e 14, em Vila Real e Viseu entre 6 e 22, em Bragança entre 4 e 21, na Guarda entre 8 e 18, em Castelo Branco entre 7 e 23, em Évora entre 6 e 24, em Beja entre 9 e 25 e em Faro entre 12 e 21.

Ilhas açorianas de São Miguel e Santa Maria em alerta amarelo devido a chuva

O IPMA colocou sob aviso amarelo as ilhas de São Miguel e Santa Maria, nos Açores, devido a previsões de chuva pontualmente forte.

De acordo as previsões, existem condições para ocorrência de precipitação pontualmente forte no Grupo Oriental, especialmente em São Miguel devido à passagem de uma superfície frontal fria.

O aviso amarelo, o terceiro mais grave de uma escala de quatro, está em vigor desde as 11:00 e até às 15:00 desta quarta-feira.

Face a estas previsões o Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores (SRPCBA) recomenda, em particular nas zonas mais vulneráveis, a adoção de comportamentos adequados e medidas de autoproteção para estas situações.