Mais de 400 pessoas foram identificadas na noite passada numa operação conjunta levada a cabo pela Polícia Marítima e pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) nas embarcações que fazem a ligação entre Lisboa e Cacilhas.

Durante a operação, foram identificados 402 passageiros, dos quais 126 eram estrangeiros, tendo sido notificado um cidadão estrangeiro para “abandono do território nacional”, refere a Polícia Marítima, em comunicado.

A operação, que decorreu sem incidentes, realizou-se a bordo das embarcações de transporte de passageiros que realizam o trajeto Lisboa/Cacilhas/Lisboa, tendo como objetivo a prevenção de atos ilícitos, bem como a deteção de permanências ilegais ou irregulares em território nacional, revela a mesma fonte.