Todos os movimentos de aterragens e partidas no aeroporto da Madeira, desde a tarde desta quinta-feira, foram cancelados, à exceção das ligações com a ilha do Porto Santo, disse fonte aeroportuária.

Devido ao mau tempo, “todos os voos foram cancelados. Apenas o avião da Aerovip, que faz as ligações com o Porto Santo, conseguiu realizar as viagens e o avião da Easyjet, proveniente de Edimburgo" que às 23:00 ainda aguardava "para tentar aterrar”, adiantou a mesma fonte.

Desde o meio da tarde, foram canceladas dois voos da Air Berlim, três da Air Condor, três TAP (Lisboa e Porto), um da Easyjet (Lisboa), outro da Germain Flug (Toulouse, França), precisou a fonte.

“Todos divergiram” para diferentes aeroportos, casos do Porto Santo e Canárias, estando um aparelho da Enter Air, proveniente de Lion, a aguardar no aeroporto da outra ilha do arquipélago a aguardar, adiantou.

Vento, chuva e má visibilidade na Madeira condicionam o movimento no aeroporto madeirense desde o meio da tarde de tarde.

O ambiente está calmo no aeroporto. Os passageiros foram reencaminhados para vários hotéis e os voos estão a ser reprogramados para protegê-los”, afirmou a fonte aeroportuária.

A costa sul e as regiões montanhosas da Madeira estiveram hoje sob aviso meteorológico amarelo, o segundo menos grave numa escala de quatro, até às 21:00, devido à previsão de precipitação por vezes forte.