Duas mulheres e uma criança que estavam a fazer um passeio de barco moliceiro na ria de Aveiro ficaram feridas quando foram atingidas por um mastro da embarcação que se partiu, disse fonte da Marinha.

Segundo o comandante da Capitania do Porto de Aveiro, Luciano Oliveira, o acidente ocorreu cerca das 16:15, quando o moliceiro «Pardilhoense» passava junto à antiga lota de Aveiro.

«A embarcação vinha a navegar à vela e a dada altura o mastro partiu-se e caiu para cima dos passageiros», disse à agência Lusa o mesmo responsável.

Na altura do acidente, seguiam a bordo do moliceiro utilizado na atividade marítimo-turística 13 passageiros e dois tripulantes.

Na sequência da queda do mastro, duas mulheres, de 52 e 66 anos, e um menino, de seis anos, ficaram feridos, apresentando escoriações. Uma das senhoras tinha dores de cabeça e vómitos.

Os Bombeiros Novos de Aveiro foram chamados ao local e transportaram os feridos para o Hospital de Aveiro.

O comandante Luciano Oliveira disse que a Polícia Marítima acompanhou a embarcação até ao local de atracagem, para inquirir os dois tripulantes e verificar a documentação.

O caso será agora comunicado ao Ministério Público para a abertura de um inquérito.