Uma idosa de 81 anos foi atropelada mortalmente na Estrada Nacional 125, na zona do Rio Seco, em Faro, na quinta-feira. Segundo testemunhas no local, a mulher estava caída na estrada quando foi atingida por duas viaturas que passavam aquela hora e que não pararam.

Tudo aconteceu ao final da tarde, numa zona movimentada da EN125, onde existem duas bombas de gasolina.

Inicialmente, um motociclo, conduzido por um agente da PSP, embateu na idosa, que acabou por cair na estrada. O embate não terá sido violento pois o agente conseguiu imobilizar o motociclo e parou na berma da estrada para assistir a mulher.

Só que quando o agente se preparava para assistir a idosa, passaram na estrada duas viaturas que não pararam e atingiram a mulher, com violência. De tal forma que o corpo da vítima ficou desmembrado. Isto mesmo foi relatado por testemunhas que se encontravam no local. 

Foi o agente da PSP que deu o alerta, eram 18:23. 

Os condutores dos veículos ainda não foram identificados. 

As autoridades já recorreram às imagens das câmaras de vigilância das bombas de gasolina, mas estas não têm visibilidade para o local onde tudo aconteceu. 

O resultado da autópsia poderá ajudar a esclarecer se a vítima morreu em consequência do primeiro embate do motociclo ou dos provocados pelas restantes viaturas.

O caso está a ser investigado pelo Destacamento de Trânsito da GNR, através do Núcleo de Investigação de Acidentes de Viação.