Morreu João Almiro, o homem que abdicou de tudo para viver com criminosos e excluídos porque acreditava que "não há pessoas más". João Almiro foi o protagonista da grande reportagem da TVI "Até Voares". 

A Câmara de Tondela decretou um dia de luto municipal pelo falecimento de João Almiro, farmacêutico, antigo autarca, fundador do laboratório farmacêutico da Labesfal e das instituições Convívio Jovem e Casa das Andorinhas.

Em declarações à Agência Lusa, o presidente da Câmara de Tondela, José António Jesus, enalteceu o lado humanista, solidário, de cooperação e de apoio ao próximo de João Almiro, que contava 91 anos.

A Câmara deliberou hoje mesmo ter amanhã [sexta-feira] um dia de luto municipal em homenagem à sua vida, à sua memória e, acima de tudo, ao seu legado enquanto empresário, autarca e humanista filantropo, pelas grandes causas que abraçou na sua vida", justificou.

Recorde a reportagem da TVI "Até Voares"

O autarca de Tondela destacou "o percurso assinalável" de João Almiro enquanto empresário, que esteve na génese da empresa de medicamentos genéricos Labesfal.

"A Labesfal é o que é hoje devido à sua visão empreendedora e ao seu sentido apurado enquanto farmacêutico para a investigação e para o desenvolvimento desse projeto", acrescentou.

João Almiro foi também vereador da Câmara de Tondela e presidente da Junta de Campo de Besteiros, ao longo de vários mandatos.

O funeral está agendado para as 16:00 de sexta-feira, realizando-se a missa corpo presente na Capela Nossa Senhora do Campo, em Campo de Besteiros, seguindo depois para o Cemitério Canas Santa Maria.

João Almiro foi o protagonista da reportagem da TVI "Até Voares". Um trabalho da autoria de Ana Leal, com imagem de João Franco e edição de Miguel Freitas.