Uma dependência bancária em Murtede, localidade do concelho de Cantanhede, distrito de Coimbra, foi esta quarta-feira assaltada por um encapuzado armado, disse à agência Lusa fonte da GNR.

Um indivíduo encapuzado dirigiu-se hoje, pelas 10:50, ao balcão daquela dependência em Murtede e, ameaçando os funcionários com uma arma de fogo, consumou o assalto, disse o comandante do Destacamento Territorial da GNR em Cantanhede, Cláudio Lopes.

Antes de se apropriar do dinheiro, o assaltante terá entrado na agência bancária e questionado, junto do balcão, as condições para a abertura de uma conta bancária.

Alguns minutos depois, o indivíduo terá regressado à agência bancária, com um capuz na cabeça e apontando aos funcionários de serviço uma arma de fogo apropriou-se de uma quantia de dinheiro ainda não conhecida, acrescentou o responsável.

O assaltante pôs-se depois em fuga, numa “viatura de gama alta”, especificou a mesma fonte, acrescentando que continua por saber o paradeiro do assaltante, que terá agido sozinho.

Sede de freguesia, Murtede, que possui perto de milhar e meio de habitantes, situa-se cerca de oito quilómetros da cidade de Cantanhede e a menos de três dezenas de quilómetros de Coimbra.

Recentemente, dois outros assaltos com o mesmo método foram consumados em Pombal e em Buarcos, na Figueira da Foz.