Um indivíduo com cerca de 30 anos de idade foi este sábado à noite detido pela PSP da Horta, por suspeita da autoria de um assalto à mão armada a um posto de abastecimento de combustíveis, avança a agência Lusa.

Segundo fonte policial, o suspeito foi detido por volta das 23:00 locais (24:00 em Lisboa), duas horas depois de ter entrado numa bomba de gasolina da «Repsol», empunhando um «revólver de pressão de ar», com o qual ameaçou a funcionária do estabelecimento para que lhe desse o dinheiro da caixa registadora.

O assaltante, que segundo a mesma fonte já tinha antecedentes criminais, levou consigo pouco mais de cem euros e pôs-se em fuga na sua viatura particular, facto que permitiu à Polícia identificar e encontrar mais rapidamente o autor do crime.

Logo após ter sido dado o alerta, os agentes da PSP da Horta que faziam patrulha na cidade encontraram o suspeito na zona do Pasteleiro, no lado sul da cidade, iniciando, na altura, uma perseguição policial durante quase uma hora.

O indivíduo acabou por ser capturado na freguesia da Praia do Almoxarife, já fora da cidade da Horta, depois de ter abandonado a viatura onde seguia e ter encetado uma derradeira fuga a pé.

Referenciado pela Polícia como toxicodependente, o suspeito será presente, segunda-feira, ao Tribunal da Horta, para primeiro interrogatório judicial, onde serão conhecidas as medidas de coacção.