Um incêndio industrial destruiu esta segunda-feira um edifício industrial em Arcozelo, Gaia, onde laboravam duas empresas, mas não provocou quaisquer vítimas, disse à agência Lusa fonte da Companhia de Bombeiros Sapadores de Gaia.

A fonte referiu que o alerta foi dado às 16h15, tendo sido mobilizados para o local 44 elementos e 17 viaturas de seis corporações de bombeiros, incluindo, além dos Sapadores de Gaia, os voluntários de Coimbrões, Valadares, Aguda, Avintes e Carvalhos.

As empresas afectadas foram a Portcril, que fabricava banheiras de hidromassagem, e a Esmomovel - Móveis e Electrodomésticos, SA, cujas instalações ficaram «completamente destruídas».

A intervenção dos bombeiros terminou às 19h10, não se conhecendo ainda as causas do incêndio, que vai ser objecto de uma investigação pelas autoridades competentes.