Os dois suspeitos, que “atuavam na zona norte do país” e a quem a PJ apreendeu ainda 2.200 gramas de liamba, estão indiciados não só por contrafação, mas também por tráfico de drogas, indica um comunicado da PJ.

De acordo com a PJ, os detidos são um motorista e um comerciante, de 30 e 55 anos, residentes em Barcelos e Guimarães.

“Os suspeitos foram abordados e detidos em situação de flagrante delito, no âmbito de uma operação policial com vista à cessação desta atividade criminosa, tendo sido apreendidos na sua posse cerca de um milhão de dólares americanos, em notas de cem, e ainda dois mil e duzentos gramas de liamba”.