A Autoridade para a Segurança Alimentar e Económica (ASAE) apreendeu mais de 75 mil litros de vinho e abriu dois processos-crime por fraude sobre mercadoria.

Em ações desencadeadas esta semana, a ASAE apreendeu mercadoria de valor superior a 90 mil euros.

Segundo um comunicado desta autoridade divulgado esta sexta-feira, esta semana, a Unidade Regional do Sul da ASAE apreendeu 30 mil litros de vinho, tinto e branco.

A ação decorreu em três operadores económicos, produtor, armazenista e embalador, nos distritos de Lisboa e Leiria, onde se verificou o enchimento de vinho de mistura da UE (União Europeia) em embalagens Bag in Box de capacidade de 5 l [litros], que estavam a ser introduzidos no circuito comercial, com a designação de 'Vinho de Portugal'. Foi ainda instaurado um processo de contraordenação por falta de identificação dos produtos vitivinícolas e deficiente rastreabilidade”, lê-se no comunicado da ASAE.

Numa outra ação de fiscalização, levada a cabo também esta semana pela Unidade Regional do Centro, nos concelhos de Coimbra, Vila Nova de Poiares e Miranda do Corvo, e que teve como alvo três armazenistas de vinhos, a ASAE instaurou “três processos de contraordenação por irregularidades na rotulagem, designadamente por inexatidão de indicações legalmente obrigatórias e por falta de inscrição obrigatória para o exercício da atividade”.

Como resultado desta intervenção, foram apreendidos mais de 43.000 litros de vinho (branco, tinto e aromatizado), 1.093 litros de aguardente, 1.200 litros de vinho espumante, e ainda 5.200 rótulos”, precisa o comunicado da ASAE.