A GNR anunciou nesta sexta-feira a apreensão de cerca de 30 quilogramas de pólen de haxixe e a detenção de dois homens suspeitos de estarem a fazer o transporte da droga do Algarve para Norte.

Os dois detidos seguiam numa viatura, às 2:00, e uma patrulha do posto territorial de Olhão, com sede na freguesia de Moncarapacho, suspeitou da sua movimentação e deu-lhe ordem de paragem, tendo na fiscalização encontrado droga «suficiente para 150.000 doses individuais de pólen de haxixe», disse à agência Lusa fonte da GNR.

Os detidos têm 27 e 31 anos e, além da droga, «cujo valor de mercado é mais elevado que o do haxixe», a GNR apreendeu também «uma pistola Glock de 9 mm completamente municiada, três telemóveis e a viatura», acrescentou.

«Os indivíduos encontrar-se-iam em deslocação, para Norte, procedendo ao transporte deste produto estupefaciente», adiantou o tenente-coronel Azevedo Palhau, do Comando de Faro da GNR.

Questionado sobre o destino do pólen de haxixe apreendido, o oficial da Guarda respondeu que presumivelmente «iria para a zona metropolitana de Lisboa, onde os detidos são residentes», mas sublinhou que essa matéria «ainda está em investigação».

Os dois detidos serão presentes ainda hoje ao Tribunal de Olhão para ficarem a conhecer as eventuais medidas de coação.