O presidente da Câmara de Lisboa, António Costa, disse à Lusa discordar da introdução de portagens à entrada da capital, como defende a proposta para a «fiscalidade verde».

«As entradas genericamente em Lisboa já estão portajadas e a forma de regulação do trânsito é termos um bom sistema de transportes públicos», afirmou.

Falando em Felgueiras, à margem de uma iniciativa de campanha da sua candidatura à liderança do PS, o autarca recordou que «o município de Lisboa apresentou ao Governo uma proposta para assumir a gestão da Carris e do Metro».

Costa disse estar convicto de que essa solução permitirá «servir melhor a população que vive e trabalha em Lisboa».

«Isso sim, é a boa forma de diminuir uma mobilidade não sustentável do ponto de vista económico e ambiental», concluiu.