O « Repórter TVI» desta segunda-feira, sobre a falta de condições nas urgências de alguns hospitais de norte a sul do país, gerou uma onda de indignação nas redes sociais contra estado do Serviço Nacional de Saúde (SNS).

Na rede social Twitter multiplicaram-se os elogios ao trabalho dos repórteres da TVI, e as críticas e insultos ao trabalho do Governo.

«1 hora e 35 minutos», uma reportagem de Ana Leal com imagem de Romeu Carvalho e edição de João Pedro Ferreira, mostrou que depois do caos nas urgências durante o pico da gripe, os principais problemas que levaram ao congestionamento dos hospitais mantêm-se: há falta de médicos e enfermeiros que chegam a acumular 300 horas a mais de trabalho. 

Durante um mês a equipa de reportagem infiltrou-se em 15 hospitais, e as imagens recolhidas fazem lembrar um cenário de quase terceiro mundo. 
 

Pode ver a reportagem na íntegra AQUI.

Veja abaixo algumas das reações no Twitter.