A GNR anunciou ter apreendido num terreno agrícola de Vila Caiz, Amarante, mais de 13 mil plantas de canábis.

Segundo o Comando Territorial do Porto, a ação policial realizou-se na terça-feira, na sequência de diligências de investigação relacionadas com tráfico de estupefacientes.

A GNR acrescenta que a ação compreendeu uma busca ao terreno agrícola "onde as [13.092] plantas estavam cultivadas, encontrando-se em fase de crescimento e maturação, sendo irrigadas por um sistema de rega por aspersores".

Os militares identificaram um homem de 24 anos, como presumível proprietário das plantas.