A Unidade de Controlo Costeiro da GNR apreendeu na tarde de sábado, dia 13 de janeiro, em Olhão, 7 700 quilos de ostras, cujo valor de mercado pode ultrapassar os 30 mil euros.

Em comunicado, a GNR refere ainda que foram identificadas duas pessoas "com 51 e 58 anos", que "foram constituídas arguidas".

No decorrer de uma ação de patrulhamento na zona do porto de pesca, foi possível detetar um veículo pesado que se preparava para efetuar o transporte dos moluscos para fora do território nacional, sem documentação que comprovasse a rastreabilidade da carga", salienta o comunicado.

A GNR salienta ainda que "a mercadoria ao ser introduzida no consumo, sem estarem garantidas as condições higiossanitárias, pode colocar em causa a saúde pública, tendo sido por isso apreendida".

Por as ostras ainda se encontrarem vivas, foram devolvidas ao habitat natural", conclui o comunicado da GNR.