O território do continente vai ser afetado até quinta-feira por chuva ou aguaceiros fortes, acompanhados por granizo e trovoadas, de acordo com o meteorologista Manuel João Lopes, em declarações à agência Lusa.

«A situação de forte instabilidade atmosférica deve-se à existência de uma depressão fria em altitude sob o território do continente e vai permanecer pelo menos até quinta-feira. Mas, a tendência é para continuar a chover até dia 06 [domingo], mas de forma menos intensa¿, disse o meteorologista do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Esta terça-feira nove distritos do continente e o arquipélago da Madeira estão sob aviso laranja devido à previsão de chuva, vento forte e agitação marítima, segundo o IPMA. Sete barras marítimas estão de resto fechadas nesta terça-feira à navegação e outras três condicionadas devido ao estado mar, informa a Marinha.

Leiria, Lisboa, Santarém, Castelo Branco, Portalegre, Évora, Beja, Setúbal e Faro são os distritos sob aviso laranja, o segundo mais grave de uma escala de quatro, desde segunda-feira e até às 23:59 da noite de hoje. A previsão é de períodos de chuva por vezes forte e acompanhada por trovoadas e vento moderado a forte, de sul, com rajadas da ordem dos 70/80 quilómetros/hora. A Madeira também está sob aviso laranja por causa do vento forte do quadrante oeste, com rajadas da ordem dos 80 quilómetros/hora, podendo atingir os 120 quilómetros/hora nas terras altas.

Por causa dos ventos fortes na zona de Santa Cruz, na ilha da Madeira, foram cancelados hoje 52 ligações aéreas (26 chegadas e 26 partidas), afetando milhares de passageiros, segundo uma fonte aeroportuária citada pela Lusa.

Os distritos de Leiria, Lisboa, Setúbal, Beja e Faro estão também sob aviso laranja devido à agitação marítima, prevendo-se ondas de sudoeste com 4 a 4,5 metros até às 15:00 de hoje.

O IPMA emitiu também aviso amarelo na segunda-feira para os distritos de Viana do Castelo, Porto, Braga, Vila Real, Bragança, Viseu, Guarda, Aveiro e Coimbra e os grupos Central (Faial, Pico, Terceira, Graciosa e São Jorge) e Ocidental (Flores e Corvo) dos Açores devido à chuva ou aguaceiros, por vezes fortes e acompanhados de trovoada, até às 23:59 de hoje.

Todos os distritos do continente estão também sob aviso amarelo devido ao vento moderado a forte, de sul, com rajadas da ordem dos 70/80 quilómetros/hora, sendo forte a muito forte nas terras altas, com rajadas da ordem dos 90 quilómetros/hora, até às 18:00 de hoje.

Quanto às barras marítimas, estão fechadas à navegação desde as 19h33 de segunda-feira os portos de Caminha, Vila Praia de Âncora, Esposende, Póvoa do Varzim, São Martinho do Porto, Alvor e Albufeira.