No último fim-de-semana, a GNR deteve 151 pessoas em flagrante delito, sobretudo por condução sob efeito de álcool, em operações levadas a cabo nos distritos de Braga, Évora, Faro, Lisboa, Porto, Setúbal e Viseu.

Ao certo, foram detidas 106 pessoas por conduzirem com álcool no sangue, 17 por não terem carta de condução, cinco por furto, quatro por tráfico de estupefacientes, três por posse ilegal de armas e uma por ofensas à integridade física. Registaram-se ainda 15 detenções por outros crimes não especificados no comunicado da Guarda Nacional Republicana, que dá conta do balanço das operações.

Para além das detenções, foram levantados 2.496 autos de contraordenação.

Entre as apreensões mais significativas, a GNR conta 1545,15 doses de haxixe, duas armas de fogo, um veículo ligeiro e 1045,18 euros em dinheiro.

No total, foram fiscalizados 5.573 condutores e detetadas 2.475 infrações. Entre elas, «248 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei; 1057 excessos de velocidade (em 46791 controlos); e 29 relacionadas com tacógrafos», adianta o mesmo comunicado..