A PSP anunciou esta segunda-feira o desmantelamento de «uma rede de lenocínio» nas Lourinhas, concelho da Calheta, S. Jorge, nos Açores, tendo detido dois homens «que exploravam mulheres» numa casa de alterne.

Segundo um comunicado da PSP, a rede foi desmantelada no dia 08 de fevereiro, tendo as autoridades identificado quatro mulheres, com idades entre os 20 e os 39 anos, e detido dois homens, de 49 e 50 anos.

Foram, por outro lado, apreendidos 1.200 euros, cinco telemóveis, dois cartuchos de calibre 12 e «vários objetos utilizados na prática da prostituição».

A detenção dos dois homens ocorreu na sequência de «buscas a um estabelecimento não licenciado que funcionava como casa de alterne», explica a PSP.

A operação foi levada a cabo por elementos da Brigada de Investigação Criminal da Esquadra de Velas de São Jorge, «em estreita colaboração com o Posto Territorial das Velas da Guarda Nacional Republicana», destaca o comunicado.