Os acidentes rodoviários provocaram este ano 463 vítimas mortais, representando uma diminuição de quase 12 por cento em relação a 2012, indicam dados da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR) citados pela Lusa.

Já o número de acidentes nas estradas aumentou, tendo-se registado, entre 1 de janeiro e 30 de novembro, 104.722 desastres rodoviários, mais 192 do que em igual período do ano passado, quando se verificaram 104.530, adiantam os dados.

Segundo a ANSR, que reúne dados da PSP e da GNR, os 104.722 acidentes provocaram 463 mortos, menos 63 do que em 2012.

Os distritos onde ocorreram mais acidentes e vítimas mortais, entre janeiro e novembro, foram Lisboa, Porto, Braga e Aveiro.

A Segurança Rodoviária adianta que os feridos graves também registaram uma descida, menos 8,2 por cento, tendo ficado gravemente feridas 1.769 pessoas, contra as 1.886 do ano passado.

Os acidentes rodoviários provocaram ainda este ano 32.428 feridos ligeiros, menos 563 do que em 2012.

Os dados da ANSR dizem respeito às vítimas que se verificaram no local do acidente ou a caminho do hospital.