Quase meio milhar de acidentes rodoviários, com sete vítimas mortais, foram registados pela GNR nos últimos três dias, no âmbito da operação “Natal Tranquilo”, disse à agência Lusa fonte do Comando Geral.

Nos dias 24, 25 e 26, as brigadas da GNR registaram 460 acidentes, com sete vítimas mortais, 15 feridos com gravidade e 136 feridos ligeiros, o que representa menos 15 acidentes e mais uma vítima mortal em relação ao mesmo período do ano passado, segundo a mesma fonte.

No que respeita a feridos, houve mais três pessoas feridas com gravidade e mais 28 feridos ligeiros do que em 2014, por esta altura.

A operação da GNR termina hoje à meia-noite.

Durante a operação, militares de todo o país, os comandos territoriais, a Unidade Nacional de Trânsito, bem como a unidade de intervenção, estão particularmente atentos a infrações como o excesso de velocidade, a falta de habilitação legal para conduzir, a condução sob o efeito do álcool e substâncias psicotrópicas, o não cumprimento das regras de trânsito, a incorreta ou não utilização do cinto de segurança e sistemas de retenção para crianças e utilização indevida do telemóvel durante a condução.