Um homem morreu esta quarta-feira de manhã  na sequência do capotamento do trator que conduzia numa quinta em Valongo dos Azeites, no concelho de S. João da Pesqueira, disse à agência Lusa fonte dos bombeiros.

O comandante dos Bombeiros de S. João da Pesqueira, Paulo Esteves, explicou que o homem “ia a subir uma encosta em patamares” e, na traseira do trator, levava “uma alfaia a deitar sulfato”.

“A inclinação era bastante grande, o trator rodopiou e capotou”, ficando em cima do condutor, acrescentou.

O óbito foi declarado no local pelo médico que estava no helicóptero do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) sediado em Macedo de Cavaleiros e que se deslocou a Valongo dos Azeites.

Segundo o Comando Distrital de Operações de Socorro de Viseu, além do helicóptero, estiveram no local sete veículos e 21 operacionais.

Na quinta-feira, a Confederação Nacional da Agricultura (CNA) anunciou a intenção de propor ao Governo a criação de um plano de prevenção de acidentes com tratores e máquinas agrícolas, para travar uma “verdadeira tragédia” que vitima cerca de 50 pessoas por ano.


Acidentes com tratores preocupam agricultores


Em comunicado, a CNA considerou que os acidentes com maquinaria agrícola “são um dos piores problemas da agricultura familiar portuguesa”, mas não são “uma fatalidade incontrolável”.

Dias antes, o grupo parlamentar do PS tinha questionado a ministra da Administração Interna acerca da sinistralidade envolvendo tratores, nomeadamente qual o orçamento de 2015 para ações de sensibilização e quais as datas em que ocorrerão.

“Conforme os dados da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), Portugal continua a ser um dos países europeus com a taxa de mortalidade mais elevada relativamente aos acidentes com tratores”, referiu o grupo parlamentar socialista.

Segundo dados revelados em março deste ano pela GNR, três em cada quatro acidentes de trator resultam na morte dos passageiros e 70 por cento das vítimas resultam de capotamentos.

Entre janeiro de 2013 e julho de 2014, a GNR registou 256 acidentes com tratores agrícolas no continente, que provocaram 115 vítimas mortais e 83 feridos graves, recorda a Lusa.