O Estado português disponibilizou-se para ajudar na trasladação dos corpos das vítimas do acidente ocorrido na última madrugada, em França, entre uma carrinha e um camião, que provocou 12 mortos, todos portugueses.

Já fizemos saber à nossa cônsul em Lyon, que por sua vez fará essa comunicação às famílias, que o Estado português disponibilizará apoio para o transporte dos corpos quando puderem ser trasladados para Portugal”, afirmou o secretário de Estado das Comunidades, José Luís Carneiro, em declarações à agência Lusa, esta sexta-feira.

Os 12 portugueses, com idades entre os 7 e os 63 anos, morreram na sequência de um choque frontal entre a carrinha em que seguiam e um veículo pesado, cerca das 23:45 de quinta-feira, na estrada nacional 79, perto de Lyon, na localidade de Moulins (centro).

O único sobrevivente dos 13 ocupantes da carrinha é o condutor, um jovem de 19 anos, também português, que foi hospitalizado em estado de choque.

Os Governos português e francês lamentaram o acidente e expressaram as condolências às famílias das vítimas, nas redes sociais, pouco tempo depois de ter sido dada a notícia. 

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, declarou estar "consternado com a morte de cidadãos portugueses em França" e expressou "as mais sentidas condolências" às suas famílias.

Foi com a maior tristeza que tomei conhecimento do falecimento de 12 cidadãos portugueses no trágico acidente de viação ocorrido ontem ao fim da noite em Allier, na região centro de França. Quero desde já expressar às famílias destes nossos compatriotas as mais sentidas condolências", lê-se numa nota divulgada na página oficial da Presidência da República na Internet.

O chefe de Estado refere ter sido informado de que aqueles cidadãos portugueses residentes na Suíça "vinham passar a Páscoa a Portugal com as suas respetivas famílias" e manifesta-se "particularmente emocionado com este trágico desfecho".

Quero por isso associar-me ao Governo e a todo o povo português neste momento de enorme dor e pesar", acrescenta Marcelo Rebelo de Sousa.

O acidente ocorreu, por volta das 23:45 de quinta-feira na estrada nacional 79, perto de Lyon, na localidade de Moulins, departamento de Allier, no centro de França. O veículo em que seguiam os portugueses saiu da Suíça cerca das 21:00 de quinta-feira, e teria como destino Portugal.