O presidente da Câmara de Estarreja, Diamantino Sabina, confirmou hoje à Lusa que o empresário António Soares e um sobrinho que com ele trabalhava morreram no acidente do avião das linhas aéreas moçambicanas.

«Conhecia-o pessoalmente e é uma grande perda para Estarreja. Acabámos de chegar de Bruxelas e a primeira notícia que soubemos foi que tinha havido um acidente e que teria falecido António Soares e o seu sobrinho. Não conseguimos falar com a família, mas a empresa confirmou-nos que era verdade», relatou Diamantino Sabina.

Segundo o autarca, António Soares «era um empresário bastante conhecido em Estarreja e na região, que tinha desde há alguns anos alguns projetos em Moçambique e em Angola».

Possuía várias empresas, três das quais em Estarreja, na área da metalomecânica e de aluguer de autogruas de grande porte.

«Dava a emprego e um número considerável de trabalhadores e era um empresário local que nos merecia todo o respeito, pelo que recebemos e notícia num ambiente de grande consternação, para mim, como presidente de Câmara, e para a comunidade estarrejense».

De acordo com a LAM, seguiam no avião dez cidadãos moçambicanos, nove angolanos, cinco portugueses, um francês, um chinês e um brasileiro, que também detinha nacionalidade portuguesa.

Antigo jogador de andebol do Sporting entre as vítimas mortais

O Sporting manifestou este sábado o seu pesar pela morte do antigo jogador de andebol do clube José Carlos Soares, na queda do avião que fazia o voo entre Maputo e Angola, que vitimou 33 pesoas.

«O Sporting manifesta o seu voto de pesar pelo trágico acidente ocorrido com a queda de uma aeronave das Linhas Aéreas de Moçambique (LAM), durante um voo entre Maputo e Angola, que resultou na morte das 33 pessoas que seguiam a bordo, entre as quais o antigo atleta do andebol do Sporting, José Carlos Soares», refere o clube em comunicado.

No documento, publicado no site oficial do clube, o Sporting endereçou os seus pêsames «aos familiares e amigos das vítimas e, em particular, aos familiares de José Carlos Soares».