O condutor do minibus que na quinta-feira à noite chocou com um camião em Allier, França, causando a morte dos 12 passageiros, todos portugueses, é um jovem de 19 anos e está em estado de choque. Chama-se Ricardo Pinheiro e é natural de Carapito, Aguiar da Beira. 

A informação foi avançada em conferência de imprensa pelo procurador de Moulins, que deu mais pormenores sobre as circunstâncias do acidente, que ocorreu por volta das 23:45 de quinta-feira em Allier, na zona de Lyon, em França, envolvendo uma colisão frontal entre um camião e um minibus que vitimou todos os 12 passageiros, com idades entre os 7 e os 63 anos.

O motorista do veículo, um jovem português de 19 anos, está em choque e foi levado para o hospital em Moulins, com ferimentos no pulso, não tendo ainda sido ouvido pelas autoridades.

Entre as vítimas mortais encontram-se dois menores, uma criança de sete anos e um adolescente, acrescentou o procurador da República, adiantando que já foram identificados 11 corpos.

Uma unidade de apoio psicológico para as famílias das vítimas já foi montada.

Os dois motoristas italianos do camião também sobreviveram e foram transportados para o hospital. O acidente ocorreu quando a carrinha, aparentemente, se desviou para a faixa contrária e colidiu de frente com o camião.

O condutor da carrinha foi levado para o hospital em Moulins. O veículo em que seguiam os portugueses saiu da Suíça (Lausanne) por volta das 21:00 de quinta-feira e teria como destino Portugal.

O acidente ocorreu por volta das 23:45 de quinta-feira na estrada nacional 79, perto de Lyon, na localidade de Montbegny, Moulins, no departamento de Allier, no centro de França.

O acidente aconteceu na estrada nacional 79, a Estrada Centro-Europa Atlântico (RECEA), considerada uma das quatro estradas mais perigosas da França, em particular nessa zona de Allier, na região de Auvergne.