Um jovem de 25 anos, residente em Tondela, foi detido pela Polícia Judiciária (PJ) por alegado abuso sexual de duas crianças, disse esta quinta-feira à agência Lusa uma fonte policial.

«Estamos perante um predador sexual, sem profissão, que utilizava uma rede social para conhecer e seduzir as vítimas», ambas com 13 anos e residentes em Viseu, adiantou a fonte.

Detido na terça-feira pela «prática reiterada» de abuso sexual das raparigas, o suspeito foi interrogado na quarta-feira no Tribunal de Instrução Criminal (TIC) de Viseu, que lhe aplicou a medida de coação de prisão preventiva.

Num dos casos, o arguido, que se apresentava como tendo 18 anos, reduzindo a diferença de idade em relação às potenciais vítimas, tentou convencer a menor de que entre eles “existia uma relação de namoro”, referiu.

Segundo a fonte, o suspeito tem antecedentes criminais, designadamente «por furto e violência contra uma ex-namorada».

As investigações, conduzidas pela Diretoria do Centro da PJ, decorriam desde julho, após a mãe de uma das vítimas ter denunciado os alegados abusos.