A Polícia Judiciária (PJ) anunciou esta sexta-feira a detenção de um homem de 66 anos, residente na zona de Tondela, Viseu, suspeito de abuso sexual de cinco meninas, suas vizinhas, com idades entre os 7 e 11 anos.

Em declarações à agência Lusa, fonte da Diretoria do Centro da PJ disse que o homem, reformado, "bem visto na comunidade e, aparentemente, acima de qualquer suspeita", atraía as crianças para sua casa, local onde terá cometido os abusos durante o último verão, até ser detido na quarta-feira pelas autoridades.

"Inicialmente, [os abusos] decorreram num contexto de brincadeira mas depois foram evoluindo", explicou a fonte da Polícia Judiciária, adiantando que as vítimas - que possuem laços familiares entre si mas não com o suspeito - "começaram a comentar umas com as outras" as zonas do corpo onde o detido "colocava as mãos".

Uma das crianças acabou por contar o sucedido a um familiar que denunciou o caso às autoridades, indicou.

O suspeito foi presente a tribunal e ficou obrigado a apresentações às autoridades duas vezes por semana, proibido de contactar com as vítimas bem como de frequentar locais onde estejam menores de 16 anos e impedido de se ausentar para o estrangeiro.