A Polícia Judiciária (PJ) anunciou hoje a detenção de um homem de 72 anos, viúvo e reformado, pela suspeita da autoria de dois crimes de abuso sexual de uma menina de 10 anos, familiar do detido, em Viseu.

Fonte da Diretoria do Centro da PJ disse que o homem é tio-avô da vítima e que a menina vivia com uns tios na mesma habitação do alegado agressor.

Segundo a mesma fonte, o homem terá praticado os dois crimes de que é acusado no mês de setembro «em situações diferentes», uma no interior e outra no exterior da habitação, mas junto a esta, quando estava sozinho com a criança e foi denunciado às autoridades por um vizinho.

Presente a tribunal, para determinação de medidas de coação, o idoso ficou proibido de contactar com a vítima e obrigado a sair da casa que partilhava com a vítima e os seus familiares.