A Polícia Judiciária deteve um homem de 63 anos, já reformado, suspeito da autoria de crimes de abuso sexual de crianças e de pornografia infantil, ocorridos em Vila Nova de Gaia, distrito do Porto. Num comunicado divulgado esta segunda-feira, a PJ indica que conseguiu apreender equipamento informático e um telemóvel do suspeito, onde estavam armazenadas imagens de abusos sexuais de crianças.

Segundo a polícia, a visualização das imagens permitiu identificar uma das vítimas que era uma criança de 11 anos que frequentava a casa do suspeito detido.

O suspeito visualizava sítios na Internet com fotografias e filmes de pornografia infantil que, depois, enviava e arquivava nos diferentes endereços de correio eletrónico criados para esse efeito.

O detido, reformado, ficou em prisão preventiva depois de ter sido presente à autoridade judiciária.