Um incêndio deflagrou esta noite num transformador de "alta potência" da central hidroelétrica de Miranda do Douro, no distrito de Bragança, disse à Lusa fonte dos bombeiros.

No local estiveram 22 bombeiros de Miranda do Douro apoiados por seis viaturas, e o incêndio foi dado como extinto cerca das 4:40.

Fonte do Centro Distrital de Operações de Socorro de Bragança disse à Lusa que as causas do fogo ainda estão a ser apuradas.

Cerca das 2:00, os bombeiros conseguiram aproximar-se do incêndio, procedendo ao arrefecimento do transformador, disse à Lusa fonte dos bombeiros.

"As altas temperaturas que se registaram no início do incêndio, aliadas ao possível risco de explosão de componentes do transformador,levou os operacionais no terreno a tomarem as devidas precauções. Para já, estamos a iniciar o arrefecimento do transformador", disse na altura o comandante dos bombeiros de Miranda do Douro, Luís Martins.

O alerta foi dado cerca das 00:00 horas.

A EDP indicou que está a avaliar os danos do incêndio que afetou o transformador do grupo 4 da central hidrolétrica, acrescentando que os restantes três grupos “estão disponíveis para operar”.

Em nota enviada à agência Lusa, fonte oficial da EDP esclareceu que não houve danos pessoais, estando agora a empresa a avaliar a extensão dos danos causados no equipamento.