Dez refugiados chegam esta segunda-feira às 16:05 a Lisboa, estando previsto que um segundo grupo chegue na terça-feira às 18:20 e um terceiro na quarta-feira também às 18:20. 

Os 37 refugiados são na sua esmagadora maioria de nacionalidade eritreia, têm várias idades e têm estado à espera provisoriamente a aguardar recolocação em centros de acolhimento de Itália, onde têm chegado, sobretudo, pessoas oriundas da Eritreia, afirmou, na semana passada, em Bruxelas, a ministra da Administração Interna.

Na ocasião, Constança Urbano de Sousa adiantou que “os refugiados irão ser distribuídos de acordo com as capacidades das associações" como câmaras municipais ou santas casas da misericórdia.

Os 37 refugiados chegam a Lisboa ao abrigo do Programa de Relocalização de Refugiados da União Europeia, acordado em setembro, e em que Portugal se disponibilizou para receber 4.486 refugiados, no prazo de dois anos.

Segundo os últimos dados divulgados pela Comissão Europeia, de um total de 160 mil pessoas a recolocar durante dois anos, foram distribuídas 598, das quais 30 em Portugal.