Uma mochila deixada à porta do Supremo Tribunal de Justiça levou as autoridades a suspeitarem de uma ameaça de bomba, esta segunda-feira, no Terreiro do Paço, em Lisboa. O alerta foi dado por um agente da PSP, cerca das 16:05.

Segundo informou fonte da PSP à TVI, os gabinetes próximos da entrada do edifício do Supremo foram evacuados, tendo os funcionários sido transferidos para outros locais do edifício. 

Foi estabelecido um perímetro de segurança, e a circulação automóvel e de pessoas foi interrompida na zona durante cerca de uma hora, incluindo a Praça do Comércio, rua do Ouro e rua da Prata, entre outros.

A equipa de inativação de explosivos esteve no local, mas a ameaça não se confirmou.