A antiga jornalista da RTP Olga Almeida morreu na terça-feira passada, aos 62 anos, realizando-se o funeral este domingo no cemitério do Alto de São João, em Lisboa, disse à Lusa fonte familiar.

A antiga jornalista, que se reformou há cerca de dez anos devido a doença, morreu na terça-feira, devido a cancro, afirmou o filho, Nuno Michaels.

Olga Almeida foi jornalista da RTP na redação de Lisboa e chefiou a delegação da televisão pública em Faro.

O funeral realiza-se no domingo de manhã, a partir das 10:00, no cemitério do Alto de São João, em Lisboa.