Portugal e Espanha estão a negociar a possibilidade de compra de medicamentos em conjunto para intensificar a colaboração entre os dois países e diminuir os custos.

Segundo o Diário de Notícias, o processo ainda está numa fase inicial, mas já acontecerem reuniões preparatórias para este cenário. 

Portugal e Espanha tentam assim conseguir preços mais baixos em medicamentos inovadores e noutros que tenham maior impacto financeiro, como é o caso dos medicamentos para as áreas de oncologia, antivíricos ou medicamentos para doenças raras.

Há mais países europeus a testar sinergias para a compra de medicamentos inovadores.

Esta terça-feira o Infarmed recebe altos representantes de onze países europeus para uma reunião onde será criado o Grupo de Alto Nível. Este grupo vai apoiar os governantes europeus na discussão de soluções para garantir o acesso e aos medicamentos inovadores e na discussão de preços justos para os governos.