Centenas de alunos das escolas onze dos 14 concelhos do distrito de Vila Real regressaram a casa mais cedo, devido ao fecho de várias escolas.

Por precaução, os alunos regressaram mais cedo a casa em Vila Real, Alijó, Sabrosa, Murça, Boticas, Chaves, Valpaços, Ribeira de Pena, Vila Pouca de Aguiar, Montalegre e Santa Marta de Penaguião, desde o Douro até à zona do Alto Tâmega.

Em Murça, devido às dificuldades já sentidas na passagem dos transportes escolares por algumas estradas das zonas de montanha e da Terra Fria, os alunos foram transportados em viaturas dos bombeiros e da câmara municipal.

Também algumas estradas, como o IP4 e A24, estão já cortadas por causa da neve.

O vereador da Proteção Civil de Vila Real, Carlos Silva, disse à agência Lusa que se decidiu fechar as escolas mais cedo na tarde desta terça-feira como uma medida de precaução devido à neve que cai com alguma intensidade no concelho.

A medida tem como objetivo garantir a passagem dos transportes escolares em segurança.

Também no concelho vizinho de Sabrosa, o presidente da autarquia, Domingos Carvas, confirmou que as escolas já fecharam e os alunos estão a ser transportados mais cedo para as suas casas igualmente devido à neve.

Em Alijó os estabelecimentos de ensino já não abriram à tarde mas, neste caso, foi como medida de precaução devido à acumulação de gelo nas estradas.

Sem aulas na quarta-feira

Os serviços municipais de Proteção Civil de Alijó e Vila Pouca de Aguiar decidiram manter suspensas as atividades letivas na quarta-feira, devido às previsões de queda de neve e formação de gelo durante a noite, uma medida que afeta cerca de mil alunos.

“Prevê-se formação de gelo durante a noite e agravamento do mau tempo, dificultando a circulação na rede viária municipal”, referiu fonte da autarquia.

A Proteção Civil de Alijó irá reunir para fazer o ponto de situação às 06:00 de quarta-feira.

Na quarta-feira, ficarão também fechados os estabelecimentos do Agrupamento de Escolas de Vila Pouca de Aguiar, onde estudam cerca de mil alunos, devido à queda de neve e acumulação de gelo nas estradas.

Medida de precaução

O vice-presidente da Câmara de Alijó, no distrito de Vila real, e também responsável pela Proteção Civil, Vítor Ferreira, disse à agência Lusa que as previsões apontam para temperaturas baixas, principalmente a partir do meio da tarde de hoje, e, como medida de precaução, o município decidiu encerrar as escolas da sede do concelho, do Pinhão e as primárias espalhadas por algumas aldeias.

Trata-se, explicou, de uma medida preventiva devido à possibilidade de acumulação de gelo nas estradas, que poderia trazer dificuldades acrescidas na passagem dos transportes escolares.

Vítor Ferreira referiu que foram também avisadas as Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) do concelho para que antecipem o apoio domiciliário aos seus utentes.

O responsável relatou que os meios da autarquia e dos bombeiros estão no terreno, preparados para intervir e dar todo o apoio necessário e adiantou ainda que está a ser espalhado sal pelas estradas.

Mogadouro também fechou

Também as escolas do concelho de Mogadouro encerram de tarde e os alunos regressaram a casa por medida de precaução, já que se prevê um aumento da intensidade da queda de neve.

Em declarações à agência Lusa, a vereadora com pelouro da Educação, Joana Silva, disse que se prevê um aumento de intensidade na queda breve, por informação da Proteção Civil.

O agrupamento de escolas solicitou-nos o transporte dos alunos para as freguesias, o qual foi providenciado imediato", frisou.

Segundo a vereadora, trata-se de uma medida preventiva, devido "à possível formação de gelo nas estradas e ruas do concelho, já que as temperaturas desceram significantemente ".

O município de Mogadouro já ativou os meios necessário para a limpeza de neve na rede municipal de estradas do concelho.

Mais frio

Esta manhã começou a chover em alguns concelhos de Vila Real, inclusive na cidade capital de distrito, em alguns casos uma chuva acompanhada de granizo e de neve.

As temperaturas baixaram significativamente comparativamente com o dia de segunda-feira.

Bragança, Guarda e Vila Real, estão sob aviso laranja (o segundo mais grave) devido à queda de neve.

Segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), a queda de neve acima dos 400 ou 600 metros deixa os distritos de Bragança e Vila Real sob aviso laranja entre as 18:00 de hoje e as 06:00 de quarta-feira.