Uma criança com meningite foi detetada numa escola de Rio Tinto, Gondomar, na terça-feira, informa a Administração Regional de Saúde do Norte, em comunicado enviado à TVI.

No passado dia 23 de janeiro, foi notificado um caso de doença invasiva meningocócica em criança que frequenta um estabelecimento de educação e ensino, localizado no concelho de Gondomar. As Autoridades de Saúde do Agrupamento de Centros de Saúde de Gondomar tiveram conhecimento do caso, quer através da sua notificação na plataforma de apoio ao SINAVE (Sistema Nacional de Vigilância Epidemiológica), quer através do Centro Hospitalar onde foi efetuado o diagnóstico."

A ARS Norte acredita, com base "nas informações recolhidas até ao momento", que se trata de "um caso isolado".

Ainda assim, todos os que estiveram em contacto com a criança afetada foram sujeitos "a quimioprofilaxia com antibiótico", com vista a diminuir o risco de transmissão da doença.

A autoridade de saúde sublinha, ainda, que "os casos de doença meningocócica, embora raros, ocorrem com maior frequência nesta altura do ano".

A transmissão da doença faz-se por contacto direto, em situações de grande proximidade física, através de secreções faríngeas. A bactéria causadora da doença, dada a sua fragilidade, não sobrevive fora do organismo humano."

Também a diretora do colégio Carrossel Mágico garante que a situação está “perfeitamente controlada".

É um caso isolado. Não é um surto. Já recebemos a delegação de saúde e as crianças já estão a receber medicação de prevenção", afirmou Susana Carvalho, em declarações à agência Lusa.