Um homem de 52 anos de idade ficou ferido gravemente com queimaduras de segundo e terceiro grau por ter tentado combater as chamas de um incêndio na sua habitação do Porto, disse à Lusa fonte oficial.

A vítima de uma explosão num quadro elétrico registada pelas 10:20 numa habitação na Rua 9 de Abril, perto de Canil Municipal do Porto, foi transportada para o Hospital de S. João, no Porto, com "queimaduras na cabeça e nas mãos", disse fonte do Comando Distrital de Operação de Socorros (CDOS) à Lusa, referindo que o homem inalou fumos e tinha lesões oculares.

O incêndio terá ocorrido na sequência de um curto-circuito num quadro elétrico de uma habitação antiga que causou várias explosões, acrescentou a mesma fonte do CDOS.

No local estiveram 12 elementos dos Sapadores de Bombeiros do Porto, com três viaturas, uma equipa da PSP, duas equipas do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) e ainda uma equipa da empresa Energias de Portugal EDP.

A Lusa contactou o Hospital de S. João, mas até ao momento não foi possível saber o estado de saúde da vítima.