Três jovens foram esfaqueados, esta terça-feira, junto à escola Eça de Queirós, nos Olivais, em Lisboa, confirmou fonte oficial do INEM à TVI24.

Segundo a mesma fonte, os três rapazes, com 17, 18 e 20 anos, foram agredidos fora do estabelecimento escolar. O alerta foi dado às 14:56.

De acordo com a PSP, que foi chamada ao local, "os distúrbios envolveram um grupo de dez indivíduos que se colocou em fuga antes da chegada da polícia". Ainda não se sabe o que terá estado na origem dos desacatos.

Os feridos, que não correm risco, foram assistidos no local e posteriormente transportados para os hospitais de São José e o menor para o hospital da Estefânia. 

Um dos feridos, o menor de 17 anos, já tinha saído do Hospital Dona Estefânia pelas 19:00. Os outros dois feridos, também com ferimentos ligeiros, estavam ainda a ser sujeitos a curativos no São José.

Segundo a TVI conseguiu apurar, a escola não tem nada a ver com o que aconteceu, até porque nenhum dos intervenientes - nem agressores, nem vítimas - são alunos.

Os intervenientes moram na Quinta das Laranjeiras e Casal dos Machados, ambas as localidades em Moscavide.

No local estiveram a VMER do Hospital de São José, três ambulâncias do INEM e a mota de emergência do INEM. Quando a PSP chegou ao local, já só se deparou com as três vítimas.