Terá sido um quarto homem que atirou contra os três jovens que saíram da discoteca Luanda, em Lisboa, esta manhã, tendo um deles acabado por falecer no hospital Francisco Xavier. Ao que apurou a TVI, o individuo terá aguardado pelos jovens ao fundo da Travessa de Teixeira Júnior, onde está instalada a discoteca Luanda, em Alcântara, e começado a disparar.

Um dos jovens terá fugido, o atirador correu atrás dele, e terá sido já junto ao condomínio Alcântara Rio que foi baleado nas costas.

A ocorrência deu-se por volta das 6:20 deste domingo. Os três jovens foram baleados. Dois, que se encontravam em estado crítico, foram transportados para os hospitais de São Francisco Xavier e de Santa Maria, tendo um acabado por falecer, disse à TVI24 fonte do Comando Oficial da PSP em Lisboa.

Fonte da PSP oficial conseguiu, entanto, confirmar se o jovem que não resistiu aos ferimentos foi o que foi transportado para o São Francisco Xavier.

Os jovens que se envolveram na rixa tinham cerca de 20 anos. O Comando da PSP não conseguiu assegurar se se tratavam de africanos, quem tinha a arma, e provocou os disparos, e quantas pessoas estavam envolvidas.

Fonte da segurança da discoteca disseram à TVI que não houve qualquer desacato dentro da discoteca e que a noite decorreu com normalidade.

A PSP esteve no local, bem como a Polícia Judiciária, que vai investigar o incidente.