A empresa de transporte marítimo de passageiros entre ilhas dos Açores Atlânticoline cancelou esta sexta-feira quatro viagens entre as Faial, Pico e São Jorge, devido ao mau tempo que se faz sentir no arquipélago dos Açores.

Segundo fonte da empresa, não se efetuaram as duas viagens previstas para o Faial e São Jorge, devido à forte ondulação marítima, e também foram canceladas duas das quatro viagens programadas entre o Faial e o Pico.

Encerrado à navegação continua o porto das Lajes do Pico, situado na costa sul daquela ilha.

No concelho das Lajes das Flores, a forte ondulação de hoje destruiu o farol de sinalização situado na ponta do molhe de proteção que foi construído no local.

Entretanto, a Capitania do Porto da Horta já reabriu o porto da Calheta, na ilha de São Jorge, que esteve encerrado à navegação por não oferecer condições de segurança na operação marítima.

O estado do tempo tem vindo a melhorar nas últimas horas, depois do aviso vermelho emitido pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) para as ilhas do grupo ocidental (Corvo e Flores) e laranja para o grupo central (Faial, Graciosa, Terceira, Pico e São Jorge) e oriental (São Miguel e Santa Maria), devido aos ventos fortes e à ondulação marítima.

A rajada máxima registada nos Açores atingiu os 148 quilómetros/hora no Corvo, a mais pequena ilha da região, mas não há registo de danos significativos.

O IPMA diminuiu, entretanto, o nível de aviso para o grupo ocidental, passando a laranja (o segundo mais grave numa escala de quatro) para a agitação marítima até às 24:00 (menos uma hora nos Açores), alterando para amarelo até às 15:00 de sábado.

O aviso amarelo para vento nas Flores e Corvo mantém-se até às 24:00.

Segundo o IPMA, o grupo oriental está sob aviso laranja para agitação marítima até às 21:00, mudando depois desta hora para amarelo até às 12:00 de sábado.

Já no grupo central vigora também um aviso laranja para agitação marítima até às 06:00 de sábado, que passa a amarelo até ao final da manhã desse dia.